1.323 visualizações 54 segundo 0 Comentário

Death Note retorna com novo conteúdo de mangá em 12 anos

- 31 de janeiro de 2020
Death note retorna às prateleiras

Death Note” passou por muitas encarnações diferentes a caminho de se tornar uma das franquias de entretenimento japonês mais bem-sucedidas da era moderna. 

anime de jovens homicidas e precoces, ao lado de seus deuses da morte e investigadores policiais, se tornou um sucesso internacional, inspirando dramas e filmes de TV, incluindo um remake americano e até um musical de palco. 

Agora, “Death Note” está dando voltas e retornando ao seu formato original, com uma nova edição de mangá, a primeira em 12 anos.  

E não, essa não é uma situação semelhante a “Dragon Ball Super”, onde eles encontraram um novo artista para produzir o estilo visual original. 
Os criadores originais de “Death Note”, artista Takeshi Obata e escritor Tsugumi Ohba, estão mais uma vez preenchendo seus papéis. 

No entanto, alguém que não está retornando é Kira, o protagonista humano original da série.  

A nova parte do mangá está sendo promovida com a premissa “O Death Note reaparece em um mundo onde Kira não existe mais”, e então Shinigami Ryuk estará servindo Minoru Tanaka, um garoto que por três anos consecutivos se tornou o mais inteligente estudante do ensino médio no Japão. 

Leia também: Bilheterias japonesas batem recorde de ¥261 bilhões em 2019  

Mundo-nipo: O principal portal de notícias do Japão