Início Mundo Cotidiano EUA: Furacão Michael surpreende ao se tornar a 3ª tempesta de mais...

EUA: Furacão Michael surpreende ao se tornar a 3ª tempesta de mais forte a atingir os Estados Unidos

851
0
Furacão Michael: devastador

Nos Estados Unidos, a tempestade deixou dois mortos: Uma menina de 11 anos, na Georgia, quando uma estrutura metálica foi levada por uma rajada de vento e atingiu o trailer onde ela estava, e um homem durante um acidente causado pela queda de uma árvore.
Na terça-feira, Michael era classificado como um furacão de categoria dois, mas na manhã de quarta-feira já estava perto da categoria cinco, o nível mais alto. O furacão perdeu força e foi rebaixado para tempestade tropical após entrar em Panhandle, noroeste da Flórida. Agora, segue para Carolinas do Sul e do Norte.
Na passagem pela América Central, matou seis pessoas em Honduras, quatro na Nicarágua, e três em El Salvador.
A tempestade deixou centenas de milhares de residências e empresas sem eletricidade na Flórida, no Alabama e na Geórgia.
Se intensificando rapidamente, o furacão pegou todos de surpresa, devastando a Flórida e permanecendo como furacão enquanto invadia o interior do país. A aceleração foi causada no último domingo, devido a temperatura excessivamente
alta do Golfo do México.
Michael se mostrou tão poderoso ao varrer a Flórida que permaneceu como furacão enquanto avançava para o interior do país. Embora tenha enfraquecido depois, sua rápida intensificação pegou muitos de surpresa.
A excepcionalmente alta temperatura das águas do Golfo do México acelerou a transição da tempestade tropical para furacão no último domingo.
“Houve uma devastação completa e total”, disse o diretor da agência de Gerenciamento de Emergência de Seminole, à ABC News.
“Há tantas linhas de transmissão e árvores derrubadas que é quase impossível atravessar a cidade”, disse o prefeito Van Johnson, segundo a agência de notícias Reuters.
Imagens de Mexico Beach, por onde o furacão entrou, mostram muitas casas submersas, houve sérios danos a edifícios na região de Panama City, e deixa um clima de aflição a quem o enfrentou. A tempestade deixou milhares de residências e empresas sem luz, com a queda das árvores destruíram as linhas de transmissão de energia. De acordo com o Centro Nacional de Furacões (NHC, em inglês), os ventos da tempestade caíram para 96 km/h no início da manhã desta quinta-feira.
O instituto alertou as comunidades do noroeste da Flórida e na Carolina do Norte sobre a ameaça de inundações com risco de morte com o deslocamento da água.

Fonte: R7

https://noticias.r7.com/internacional/furacao-michael-como-tempestade-menospreza
da-se-tornou-a-3-mais-forte-a-atingir-os-eua-11102018

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here