Centenas de pessoas foram às ruas do Japão na terça-feira para protestar contra uma recente série de absolvições de acusações de crimes sexuais, incluindo um homem que foi inocentado após ter tido relações sexuais com a própria filha, menor de idade.

Segurando flores como um símbolo de empatia pelas vítimas, os protestantes se reuniram em Sapporo, Sendai, Tóquio, Nagoya, Osaka, Kobe, Yamaguchi, Fukuoka e Kagoshima, quando o movimento “Flower Demo” se espalhou pelos territórios do Japão.

A campanha começou em abril, quando centenas de manifestantes em Tóquio e Osaka se opuseram a absolvição de casos grotescos, incluindo a decisão de 26 de março da Corte de Okazaki, em Nagoya,sobre um caso de incesto que provocou clamor público e críticas de alguns especialistas legais.

Fonte: KYODO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.