Início Mundo Crime Fonte anônima afirma que especialistas foram enviados para apagar provas do assassinato...

Fonte anônima afirma que especialistas foram enviados para apagar provas do assassinato do jornalista saudita

423
0
Jamal Khashoggi teve seu corpo esquartejado e dissolvido para apagar evidências. Foto: Middle East Monitor
A fonte anônima defende que se uma equipe de limpeza foi enviada, as autoridades sabiam do crime cometido.

Uma fonte anônima turca informou que a Arábia Saudita enviou dois homens para apagar provas do assassinato de Jamal Khashoggi, morto no início do mês passado no consulado árabe de Istambul. A identidade dos dois homens foi confirmada como Ahmed Abdulaziz, um químico, e Khaled Yahya Al Zahrani, toxicólogo.

O jornal turco Sabah, afirmou que os dois homens identificados saíram da turquia no dia 20 de outubro, após diversas visitas ao consulado e a cada do cônsul saudita. A fonte defende que se uma equipe para a “limpeza” foi enviada ao consulado, as autoridades tinham ciência do crime cometido.

Acreditamos que os dois indivíduos vieram à Turquia com o único objetivo de apagar as provas do assassinato de Jamal Khashoggi, antes que a polícia fosse autorizada a entrar no local”, disse a fonte anônima.

Foi revelado pela Turquia, que o corpo de Jamal foi esquartejado e após isso, dissolvido para que não fosse encontrado, porém, a família, em especial o filho de Jamal, Salah Khashoggi, pediu às autoridades o corpo restituído para enterrar no cemitério Al Baqi, onde outros membros da família estão enterrados.

Fonte: UOL

https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/rfi/2018/11/05/arabia-saudita-enviou-especialistas-para-apagar-provas-ligadas-a-morte-de-jornalista.htm.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here