Na última segunda-feira (1), uma mulher conduziu pela primeira vez, o avião anfíbio Shin Maywa US-2.




 

Megumi Okada, foi a primeira mulher da história do país, a pilotar um avião anfíbio. Ela está estabilizada na base de Iwakuni, Yamaguchi e fez sua primeira decolagem com o avião anfíbio especializado no resgate de tropas.

Anteriormente, Megumi trabalhou durante cerca de 2 anos como co-piloto do US-2 na mesma base. Ela ingressou nas Força Marinha de Autodefesa do Japão em 2010.

Em Novembro do ano passado ela adquiriu licença de piloto e finalmente passou a se tornar piloto do arsenal aéreo da base.

Seu primeiro voo teve a duração de 1 hora e meia.

Seu treino foi aberto à imprensa japonesa, que teve a oportunidade de conferir de perto, o voo da primeira mulher a assumir essa posição.

“Me apaixonei pelo avião anfíbio desde que entrei para as Forças de Autodefesa, então sempre pensei que queria ser piloto. Para que outras mulheres sigam o mesmo caminho, quero me tornar uma piloto exemplar”, afirma a militar.

O avião anfíbio é um tipo de hidroavião que tem suporte para pouso e decolagem em água, além de possuir rodas para aterrissagem em terra e esquis para pouso em gelo.

Os próximos planos de Megumi é acumular experiência para obter a licença de atuar em atividades de resgate em situações de climas inconstantes.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.