O Japão é conhecido por seus incríveis serviços de entrega, mas nos bastidores há muito estresse para tentar manter o alto padrão.  

Uma das grandes vantagens de morar no Japão é a facilidade com que você pode receber coisas na sua porta, com empresas oferecendo serviço super rápido, várias opções de entrega, inclusive até o final da noite. 

Com esses serviços sendo oferecidos sete dias por semana, as empresas de entrega realizam um trabalho fantástico de atendimento ao cliente, mas manter esse alto padrão com vários concorrentes não é tão fácil quanto parece. 

Nos últimos anos, problemas começaram a aparecer, como vídeos de alguns funcionários de entrega se comportando mal e no aso de hoje, um vídeo que mostra um funcionário da Yamato Transport, uma das maiores empresas de serviços de entrega do Japão, sendo chutado várias vezes por um colega de trabalho mais velho. 

Veja abaixo o vídeo: 

O vídeo acima, foi publicado no dia 26 de novembro, ele foi filmado do outro lado da rua em um escritório de vendas na província de Fukuoka. De acordo com o J-CAST News, que entrevistou a pessoa que filmou o vídeo, a cena ocorreu por volta das 21h19 do dia 25 de novembro, onde o homem mais velho estava gritando tão alto que suas palavras eram facilmente ouvidas a distância. 

O homem podia ser ouvido gritando coisas como “Você é um idiota?”, “Você não entende nada”, “Você está sempre dando desculpas” e até “Eu vou te matar!” 

Seu discurso continua por mais de dois minutos, quando ele se aproxima do homem mais jovem e o chuta na parte superior das pernas três vezes antes de chutar as portas do caminhão. O homem mais novo fica de frente para ele o tempo todo, apenas movendo as mãos e as pernas para diminuir a força dos chutes desferidos pelo senhor. 

A pessoa que filmou o vídeo disse à J-News que compartilhou o vídeo on-line porque acredita que é errado os funcionários da empresa usarem violência e linguagem abusiva para repreender outros funcionários.  

A pessoa que filmou comentou:  

“Se for um supervisor, eles devem explicar as coisas para a outra pessoa da maneira que entenderem e, se cometerem o mesmo erro novamente, explicar as coisas de uma maneira diferente e mais fácil de entender. É errado um supervisor ensinar através da violência.” 

Em uma entrevista por telefone com a J-Cast News, a Yamato Transport disse que estava ciente do vídeo gravado e a representante do Departamento de Estratégia de Relações Públicas confirmou que eram funcionários da empresa. 

Sem fornecer mais detalhes sobre os funcionários envolvidos, a representante pediu desculpas pelos problemas e preocupações causadas pela situação e também disse que a empresa irá trabalhar na investigação do incidente e tratarão do assunto com rigor.  

As pessoas on-line não ficaram impressionadas, tanto é que deixaram comentários de que não é a primeira vez que algo assim ocorre. 

Lutar contra a violência com violência nunca é uma boa ideia, pois só vai trazer ainda mais problemas para todos os envolvidos, como mostrou recentemente o caso dos trabalhadores vietnamitas dando soco no seu chefe no Japão. 

Esperamos que este vídeo ajude alguns supervisores estressados a dar um passo atrás e reavaliar suas próprias maneiras de lidar com situações estressantes no local de trabalho. E lembrar nós todos de sermos um pouco mais gentis com os trabalhadores de entrega do país, que às vezes também são destratados pelos clientes.   

Mundo-Nipo: O principal portal de notícias do Japão  

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here