557 visualizações 2 min 0 Comentário

Japão recebeu 1.700 turistas em maio

- 17 de junho de 2020

O Japão recebeu cerca de 1.700 viajantes estrangeiros em maio, o menor nível histórico pelo segundo mês consecutivo, em meio à pandemia de coronavírus, mostraram dados do governo nesta quarta-feira.

O número, abaixo de 99,9% em relação ao ano anterior e comparado com 2.900 em abril, é o menor desde 1964, quando o governo começou a compilar essas estatísticas, segundo a Agência de Turismo do Japão.

É o oitavo declínio mensal consecutivo, já que as restrições de viagens foram impostas globalmente em meio à disseminação do vírus, de acordo com os dados preliminares.

Com os casos de infecções por coronavírus chegando a 8 milhões em todo o mundo, de acordo com a Universidade Johns Hopkins, acredita-se que precisará de tempo até que os viajantes possam retornar.

O governo do primeiro-ministro Shinzo Abe foca na diminuição nas restrições de entrada e estimular o turismo doméstico por residentes japoneses por meio de subsídios.

O número de visitantes da China caiu para 756.365 no ano anterior, para apenas 30 em maio, e os da Coréia do Sul totalizaram 20 contra 603.394, mostraram os dados.

Os viajantes dos Estados Unidos caíram de 156.962 para 50 em maio de 2019 para 50, e os da Índia e da França foram 30 e 20, respectivamente.

O número de japoneses que deixaram o país em maio caiu 99,6%, para 5.500, de 1.437.929 um ano antes, mas diminuiu de 3.915 no mês anterior.

O número acumulado de visitantes estrangeiros de janeiro a maio caiu 71,3% em relação ao ano anterior, para 3,94 milhões, segundo os dados.

Atualmente, o Japão proíbe a entrada de 111 países e regiões. O governo está considerando diminuir as restrições em países onde o vírus está sob controle, como o Vietnã.

Portal Mundo-Nipo
Sucursal Japão Tóquio
Jonathan Miyata