776 visualizações 29 segundo 0 Comentário

Japonês que cuidava dos repatriados de Wuhan é encontrado morto

- 4 de fevereiro de 2020
Médicos atendem paciente infectado pelo coronavírus no hospital Zhongnan

Um dos funcionários do governo japonês, que estava envolvido em cuidas dos repatriados resgatados da cidade chinesa de Wuhan, epicentro do coronavírus, foi encontrado morto neste último sábado. As autoridades suspeitam de suicídio. 

O homem de 37 anos, que foi movido do Departamento de Polícia Metropolitana, para a Secretaria do gabinete, foi encontrado caído por volta de 10 horas da manhã, próximo ao prédio do Instituto Nacional de Saúde Pública da Prefeitura de Saitama, onde algumas pessoas que foram resgatadas de Wuhan, estavam hospedadas. 

As autoridades suspeitam que o rapaz tenha pulado do prédio, porém não há indícios ou algum bilhete que possa ter sido deixado pelo rapaz. 

O Instituto é um dos locais onde hospeda aqueles que retornaram recentemente de Wuhan. As pessoas ficam confinadas por cerca de 2 semanas para evitar que haja uma possível propagação do vírus.  

Leia também: Japão altera leis para que idosos trabalhem até os 70 anos  

Mundo-nipo: O principal portal de notícias do Japão