127 visualizações 2 min 0 Comentário

Métodos Controversos em internato em Aichi, Crianças Armadas e Trabalho Forçado

- 28 de maio de 2024

Internato Ikijuku: Liberdade excessiva e métodos controversos.

Uma instalação de apoio independente na província de Aichi, conhecida como “Ikijuku”, está no centro das atenções devido a seus métodos incomuns de lidar com crianças problemáticas. Shuichi Yoshikawa, de 61 anos, foi preso em 23 de maio sob suspeita de cumplicidade em uma violação da Lei de Controle de Armas de Fogo e Espadas, junto com sua filha, Yuki Himuro, de 38 anos.

Yoshikawa é suspeito de permitir que um menino de 12 anos residente na instalação possuísse uma espingarda com mais de um metro de comprimento em janeiro deste ano, junto com Yuki. O menino não só foi autorizado a segurar a arma, mas também disparou de um barco na costa da cidade de Tokoname. Yuki, que estava presente, não o impediu e até disparou ela mesma. Acredita-se que o marido de Yuki, Yu Himuro, de 46 anos, representante de “Ikijuku”, filmou o incidente.

Yu Himuro já havia sido preso em 13 de maio por suspeita de empregar um morador de “Ikijuku” de 11 anos em sua própria construtora, a Himuro Construction, obrigando a criança a operar uma escavadeira hidráulica. Este internato, que apoia a independência de crianças com questões como a evasão escolar, alberga cerca de 20 menores e iniciou suas operações por volta de 2018.

Uma pessoa familiarizada com as instalações comentou: “Há muita liberdade em relação aos horários de acordar e dormir, com cerca de quatro pessoas por quarto. As crianças podem ficar ao telefone o dia todo.” Segundo o site, a taxa inicial para ingressar no Ikijuku é superior a 350.000 ienes.

Uma afiliada da Ikijuku afirmou: “Houve casos em que fumar e beber eram permitidos. Funcionários foram vistos comprando cigarros para as crianças.” Após o recente incidente, cerca de 20 crianças em Ikijuku foram transferidas para um centro de consulta infantil no dia 23 de maio. No entanto, exceto o menino que disparou a espingarda, todos retornaram ao centro.

Logotipo Mundo-Nipo
Autor

Portal Mundo-Nipo
Sucursal Japão – Tóquio
contato@mundo-nipo.com.br

Comentários estão fechados.