562 visualizações 58 segundo 0 Comentário

Milhares ainda estão na fila de espera por leitos na Coréia do Sul

- 4 de março de 2020
Membros da equipe médica usam equipamentos de proteção para cuidar de pacientes infectados

Só nesta quarta-feira a Coréia do Sul registrou mais centenas de novos casos para o novo coronavírus, enquanto milhares de pessoas ainda estão na fila de espera para ter um leito hospitalar, no centro do pior surto fora da China. 

Segundo os Centros de Controle e Prevenção de Doenças da Coréia (KCDC), os novos casos já atingiram o número de 5.621, com pelo menos 32 mortes. A maioria dos casos ocorreu na cidade de Daegu, a quarta maior cidade do país. 

As autoridades de saúde também disseram que o número de novos casos só tende a aumentar, à medida em que concluem o teste em mais de 200 mil pessoas.  

“Precisamos de medidas especiais em tempos de emergência”, disse o primeiro-ministro sul-coreano Chung Sye-kyun em uma reunião do gabinete, referindo-se a recursos médicos extras para pontos críticos e medidas econômicas, incluindo um estímulo de US $ 9,8 bilhões. 

“Para superar o COVID-19 o mais rápido possível e minimizar o impacto na economia, é necessário injetar proativamente todos os recursos disponíveis”. 

O COVID-19 é a doença causada pelo novo coronavírus que surgiu na China no final do ano passado e se espalhou pelo mundo. 

Leia também: Kit que detecta coronavírus em até uma hora, pode lançar em março  

Mundo-nipo: O principal portal de notícias do Japão