130 visualizações 4 min 0 Comentário

Montadoras Japonesas Inovam com Tecnologia para Reconquistar o Mercado Chinês

- 14 de maio de 2024

Desafio Tecnológico: A Corrida das Montadoras Japonesas por Inovação. Veja como a inteligência artificial e a computação em nuvem estão definindo a nova era automotiva.

As montadoras japonesas estão intensificando suas estratégias para reconquistar a atenção dos consumidores chineses, cada vez mais voltados para a inovação tecnológica. Em um movimento estratégico, a Toyota anunciou uma parceria com a Tencent Holdings, gigante chinesa da tecnologia, para explorar áreas como inteligência artificial (IA), computação em nuvem, big data e redes sociais. Paralelamente, a Nissan está colaborando com o Baidu em projetos de IA, incluindo o desenvolvimento de cockpits inteligentes.

Essas alianças são uma resposta à crescente pressão que as montadoras estrangeiras enfrentam no mercado chinês, onde empresas locais lançam rapidamente veículos tecnologicamente avançados que atendem às expectativas dos consumidores. A situação levou algumas montadoras japonesas, como a Mitsubishi Motors, a reduzir sua produção e presença na China.

A participação de mercado das marcas japonesas na China caiu de 21% para 15% nos últimos cinco anos, enquanto as marcas chinesas, lideradas por gigantes como a BYD, agora dominam 53% do mercado, impulsionadas pela demanda por veículos elétricos (VEs). “Os veículos definidos por software são o foco atual”, destaca Tatsuo Yoshida, analista da Bloomberg Intelligence, apontando a urgência para as montadoras japonesas se adaptarem.

No entanto, a transformação não será imediata. As expectativas elevadas dos consumidores chineses exigem mais do que simples ajustes nos modelos existentes. Além disso, a competição não se limita às montadoras chinesas; empresas de tecnologia, como a Xiaomi, também entram na corrida com inovações como o SU7, que oferece estacionamento automatizado assistido por IA.

A disputa de preços, especialmente em VEs, é outro desafio significativo, com a Tesla e a BYD liderando cortes de preços para estimular a demanda. A Toyota, por sua vez, está focada em expandir seus investimentos em IA e desenvolver uma base sólida para veículos definidos por software, além de lançar novos modelos de VE, como o bZ3C e o bZ3X, em parceria com empresas chinesas.

A Nissan também está ajustando sua estratégia, planejando lançar oito novos veículos de energia na China e começar a exportar carros produzidos localmente a partir de 2025, visando mercados asiáticos.

Diante da demanda inabalável por VEs na China, as montadoras japonesas estão reavaliando suas abordagens para capturar uma fatia maior do maior mercado automobilístico do mundo. “Precisamos mudar nossa maneira de competir”, afirmou Makoto Uchida, CEO da Nissan, destacando a necessidade de inovação frente a concorrentes como a BYD.

Essa adaptação estratégica das montadoras japonesas ao mercado chinês reflete a importância crescente da tecnologia e inovação na indústria automobilística global, marcando um novo capítulo na competição pelo domínio no setor.

Logotipo Mundo-Nipo
Autor

**Portal Mundo-Nipo**
Sucursal Japão – Tóquio
contato@mundo-nipo.com.br

Comentários estão fechados.