1.247 visualizações 27 segundo 0 Comentário

Pena de morte de assassino do massacre de Sagamihara é finalizada

- 31 de março de 2020
pessoas rezam pela alma de uematsu após sua sentença ser completada

Nesta terça-feira foi finalizada a sentença de morte do japonês responsável pelo massacre de Sagamihara em 2016, que matou 16 pessoas com deficiência mental em uma casa de cuidados.  

Satoshi Uematsu de 30 anos de idade, era zelador das instalações de Tsukui Yamayuri Em, em Sagamihara, na província de Kanagawa, quando esfaqueou fatalmente 16 pessoas e feriu outras 26 durante o tumulto.  O Tribunal Distrital de Yokohama chamou o crime de “incomparável” a qualquer outro incidente. 

Seu advogado de defesa entrou com recursos na sexta-feira passada, mas Uematsu disse que dois dias após o veredicto de 16 de março, que ele desistiria do recurso, pois seria “errado” continuar o julgamento. 

Ele também disse que já tinha consciência da pena de morte, mas que “não estava convencido” de que a merecia.  

Durante seu julgamento, Uematsu disse que pessoas portadoras de deficiência mental “criam infelicidade na sociedade”. 

Leia também:  Uma erupção do Mt.Fuji poderia paralisar Tokyo 

Mundo-nipo: O principal portal de notícias do Japão