150 visualizações 3 min 0 Comentário

Queda no número de doadores de sangue no Japão preocupa governo

- 31 de outubro de 2023

O número de pessoas com menos de 40 anos que doaram sangue no Japão na última década diminuiu 33%, segundo dados da Cruz Vermelha Japonesa, o que representa uma preocupação à medida que a população do país envelhece rapidamente.

Apesar de uma recuperação parcial nas doações por parte de adolescentes desde a pandemia da COVID-19, a Cruz Vermelha e o Ministério da Saúde estão a intensificar esforços para sensibilizar, especialmente entre os jovens, sobre a importância de fazer doações voluntárias de sangue.

No Japão, pessoas entre 16 e 69 anos podem doar sangue. Do total de 5,01 milhões de doações no ano fiscal de 2022, 217.000 foram de adolescentes, 696.000 foram de pessoas na faixa dos 20 anos e 753.000 na faixa dos 30 anos.

A maior parte do sangue doado é utilizada no tratamento de pessoas com 50 anos ou mais. Um declínio contínuo nas doações por parte das gerações mais jovens poderá representar uma grave escassez de oferta no futuro, uma vez que a procura supera a oferta disponível.

A Cruz Vermelha atribuiu parcialmente o declínio ao fato de menos escolas secundárias participarem em campanhas de doação de sangue.

O percentual de escolas de ensino médio que participaram do programa de doações ficou em torno de 20%. Há trinta anos, o número era de cerca de 60%.

O governo apelou em junho a esforços adicionais para educar os adolescentes sobre a doação de sangue na sua política básica anual sobre gestão econômica e fiscal.

O Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar está a considerar a criação de um manual simples sobre doação de sangue para educar os estudantes que ainda não são elegíveis sobre como as doações são vitais para a sociedade, de acordo com as autoridades.

A Cruz Vermelha lançou uma aplicação para smartphone, através da qual os membros registados podem fazer reservas de doação de sangue e também ganhar pontos que podem ser trocados por presentes.

“Muitas vidas são salvas pelas doações de sangue. Esperamos conseguir a cooperação do maior número possível de pessoas”, disse um funcionário do ministério.

Portal Mundo-Nipo

Sucursal Japão – Tóquio

Jonathan Miyata

Comentários estão fechados.