86 visualizações 2 min 0 Comentário

Santuário Watatsumi em Tsushima Proíbe Turistas Coreanos Após Incidentes de Má Conduta

- 9 de junho de 2024

Cartazes em Coreano Proíbem Entrada de Turistas no Watatsumi Funcionários Explicam Dificuldades em Controlar Visitantes.

NAGASAKI, 08 de junho – O Santuário Watatsumi, localizado em Tsushima, província de Nagasaki, e com mais de mil anos de história, tomou a decisão polêmica de proibir turistas coreanos. Esta medida gerou ampla discussão.

O santuário é famoso por seu pitoresco portão torii oceânico e está situado a apenas 50 quilômetros da Coreia, tornando-se um destino popular para turistas coreanos, que podem chegar em cerca de uma hora e meia de balsa de alta velocidade.

Recentemente, surgiram problemas devido ao comportamento inadequado de alguns turistas coreanos, como fumar dentro do terreno do santuário e descartar pontas de cigarro de maneira descuidada. Esses atos levaram a confrontos com outros visitantes e até a abusos verbais.

Em resposta, o santuário colocou cartazes na entrada, em coreano, proibindo a entrada de turistas coreanos. Os funcionários do santuário explicaram que, como um pequeno santuário, é difícil lidar com um grande número de visitantes e controlar comportamentos desrespeitosos. Não há planos para suspender a proibição.

A decisão gerou reações diversas. Alguns turistas coreanos reconheceram a necessidade de respeitar a cultura local, enquanto residentes locais expressaram opiniões mistas sobre a medida.

Logotipo Mundo-Nipo
Autor

**Portal Mundo-Nipo**
Sucursal Japão – Tóquio
contato@mundo-nipo.com.br

Comentários estão fechados.