135 visualizações 5 min 0 Comentário

Sudeste Asiático, O Novo Horizonte da Tecnologia Global

- 13 de maio de 2024

A Ascensão dos Data Centers no Sudeste Asiático: Entenda o impacto de $60 bilhões em investimentos na infraestrutura digital.

O Sudeste Asiático, tradicionalmente visto como um mercado emergente na tecnologia, está rapidamente se estabelecendo como um epicentro vital para a indústria tecnológica global. Líderes de gigantes tecnológicos como Apple, Microsoft e Nvidia têm visitado a região, prometendo investimentos bilionários e estreitando laços com líderes de países como Indonésia e Malásia. A Amazon, por exemplo, destacou-se ao anunciar um plano de investimento de 9 bilhões de dólares em Cingapura, capturando a atenção de milhares com uma apresentação espetacular.

Este crescente interesse no Sudeste Asiático, uma região com cerca de 675 milhões de habitantes, reflete uma mudança significativa no cenário de investimentos tecnológicos. Com um foco particular em centros de dados, espera-se que as maiores empresas do mundo invistam até 60 bilhões de dólares nos próximos anos, impulsionadas pela adoção massiva de streaming de vídeo, compras online e inteligência artificial (IA) generativa pela população jovem da região.

A região, que historicamente acolheu investimentos ocidentais, surge como uma alternativa atraente em um momento em que a China adota uma postura mais restritiva em relação às empresas norte-americanas e a Índia apresenta desafios políticos. O Vale do Silício, por sua vez, busca aproveitar regimes favoráveis às empresas, um talento em rápido crescimento e o aumento da renda local. A revolução da IA, em particular, está motivando líderes tecnológicos a buscar novas áreas de crescimento, preparando o terreno para a infraestrutura digital futura da região.

Singapura e Malásia, por exemplo, destacam-se por sua neutralidade em relação às tensões geopolíticas globais, tornando a região ainda mais atraente para investimentos, especialmente em tempos de conflitos internacionais. A visita de Tim Cook e Satya Nadella ao Sudeste Asiático simboliza o compromisso em transformar a região em um campo de batalha chave para o futuro da IA e da computação em nuvem.

A região não só oferece uma força de trabalho crescente como uma alternativa viável à China para talentos globais, mas também se tornou um mercado significativo para gadgets e serviços online. Prevê-se que a classe média do Sudeste Asiático, com seu crescente poder de compra, duplique o mercado de serviços baseados na Internet para 600 bilhões de dólares até 2030.

Empresas como a Apple estão expandindo sua presença, com Tim Cook anunciando novos investimentos e destacando o potencial de crescimento na região. Da mesma forma, a Microsoft, sob a liderança de Satya Nadella, está fortalecendo suas relações com líderes locais, promovendo a adoção de tecnologias emergentes.

O Sudeste Asiático está se posicionando como um pilar para o desenvolvimento e implementação de IA generativa, com a expectativa de adicionar cerca de 1 trilhão de dólares à economia regional até 2030. A demanda por data centers está projetada para crescer significativamente, com a região se tornando um dos maiores mercados de data centers fora dos EUA até 2028.

Apesar dos desafios políticos, culturais e econômicos, as vantagens da região, incluindo uma força de trabalho qualificada e custos relativamente baixos, estão atraindo investimentos substanciais de empresas de tecnologia globais. Com iniciativas de treinamento e desenvolvimento de habilidades em IA, empresas como a Microsoft estão comprometidas em formar milhões no Sudeste Asiático, marcando uma era de transformação tecnológica e econômica na região.

Logotipo Mundo-Nipo
Autor

**Portal Mundo-Nipo**
Sucursal Japão – Tóquio
contato@mundo-nipo.com.br

Comentários estão fechados.