59 visualizações 3 min 0 Comentário

Toque Fantasma Afeta Usuários do Apple Watch: O que Sabemos?

- 14 de fevereiro de 2024

“Toque Fantasma: Um Bug de Software no Coração dos Apple Watches?” – Levanta uma hipótese sobre a origem do problema, incentivando a leitura para mais detalhes

Usuários do Apple Watch estão experimentando um fenômeno inusitado apelidado de “toque fantasma”, onde operações não intencionais como fazer chamadas ou deslizar a tela acontecem sem qualquer contato físico. Este incidente, que se assemelha a algo saído diretamente de uma história de Halloween, foi reconhecido pela Apple e afeta especificamente modelos da Series 9 e do Apple Watch Ultra 2.

Notificação Oficial da Apple Um aviso importante foi enviado aos varejistas oficiais da Apple, detalhando que os dispositivos afetados podem apresentar comportamentos de tela anormais, como mudanças súbitas de exibição ou ações não solicitadas, sem que o usuário faça qualquer movimento. Isso pode levar a inconvenientes significativos, incluindo chamadas feitas sem intenção ou a impossibilidade de inserir senhas, resultando em bloqueio total do dispositivo.

A Apple, através de um memorando divulgado inicialmente pelo MacRumors, orientou seus técnicos a não procederem com reparos até que a investigação da empresa sobre o assunto esteja concluída. Uma medida provisória sugerida é a reinicialização forçada do dispositivo: pressionando e segurando a coroa digital e o botão lateral simultaneamente por cerca de 10 segundos até que o logotipo da Apple seja exibido.

Impacto e Causa do Problema Embora não tenha sido divulgado o número exato de usuários impactados, a ampla distribuição das notificações aos varejistas sugere que o problema é significativo. Atualmente, não está claro se a origem do problema é hardware ou software. No entanto, a súbita ocorrência sugere que pode ser um bug de software, o qual potencialmente poderia ser resolvido com uma atualização do watchOS.

Conclusão Este intrigante caso do “toque fantasma” no Apple Watch está atualmente sob investigação pela Apple. Usuários afetados são aconselhados a tentar a reinicialização forçada como uma solução temporária e a aguardar mais informações da Apple sobre uma correção definitiva. Este desenvolvimento reforça a importância de atualizações regulares do software e da pronta comunicação entre fabricantes e consumidores diante de problemas técnicos.

Este artigo é uma adaptação do original publicado pela Red Ventures e editado para o Japão pela Asahi Interactive, fornecendo todos os detalhes conhecidos sobre este fenômeno até o momento.

Comentários estão fechados.