O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg tem sido pressionado em relação as crises que afetaram a rede social, e foi questionado sobre sua permanência no comando.

O executivo afirmou que “este não é o plano” e defendeu Sheryl Sandberg, “Sheryl é uma parte realmente importante desta empresa e está liderando muitos esforços em muitas das grandes questões que temos”.

A rede social tem sofrido nos últimos anos, houve falha na segurança, foi acusada de não ter impedido qualquer ato que influenciasse as eleições americanas de 2016, e também está envolvida no caso Cambridge Analytica.

Foto: UOL

https://tecnologia.uol.com.br/noticias/afp/2018/11/21/zuckerberg-diz-que-nao-pensa-em-renunciar.htm.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.