104 visualizações 4 min 0 Comentário

A Sony tem contrato de exclusividade até 2035 com a Marvel

- 20 de dezembro de 2023

A Insomniac Games, subsidiária da Sony, foi hackeada e informações vazaram, revelando que a Sony tinha um contrato exclusivo com a Marvel para desenvolver jogos dos X-Men até o final de 2035.

Os slides vazados detalham os termos da licença dos X-Men, incluindo uma nota sobre exclusividade. Os documentos dizem que a partir de agora até 31 de dezembro de 2035, a Marvel não lançará ou anunciará nenhum jogo dos X-Men em consoles, PC ou plataformas de streaming ou apresentará personagens dos X-Men em jogos como uma “vantagem competitiva”. Um exemplo é jogar como Wolverine apenas na versão Xbox do Marvel Ultimate Alliance, o que não é permitido pelos termos. No entanto, como os personagens X-Men podem aparecer nos chamados jogos multifamiliares da Marvel (envolvendo personagens não-X-Men), Wolverine também pode aparecer nos jogos dos Vingadores. Deve-se notar que a Marvel retém os direitos dos jogos infantis da década de 1990 e de alguns jogos dos X-Men, mas por outro lado tem um acordo completo que dá à Sony os direitos dos jogos dos X-Men pelos próximos 12 anos. Ele também detalha os custos de desenvolvimento e marketing de cada jogo X-Men, os royalties da Marvel (que variam de acordo com o formato de vendas, incluindo pacotes, downloads e pacotes) e possíveis termos de rescisão. As plataformas são, como seria de esperar, PlayStation e PC.

Outro slide mostra que um jogo do Wolverine, o Wolverine da Marvel, será lançado em 2026, e o primeiro jogo dos X-Men será lançado em 2030. O roteiro de longo prazo pode estar desatualizado, mas o terceiro jogo X-Men está programado para ser lançado em 2033, e espera-se que Wolverine da Marvel seja o primeiro jogo X-Men da Insomniac Games. Sugere-se que isso tenha sido feito. Também houve referências a Wolverine Online (2026) e X-Men Online (2028). Também se fala de um quarto jogo provisório dos X-Men.

Nos últimos anos, a indústria de videogames tomou conhecimento da Marvel, adquirindo licenças para desenvolver jogos baseados em sua propriedade intelectual. No ano passado, a EA anunciou um acordo de longo prazo com a Marvel para desenvolver pelo menos três novos jogos de ação e aventura para consoles e PC. O primeiro jogo será um jogo de ação e aventura para um jogador, Iron Man, em terceira pessoa, da Motive Studios, o estúdio por trás de Star Wars: Squadrons e do remake de Dead Space. Além disso, a Cliffhanger Games, o novo estúdio da EA em Seattle, está desenvolvendo um jogo de ação e aventura para um jogador, Black Panther.

Também na Skydance Media, Amy Hennig de Uncharted está desenvolvendo um jogo de aventura baseado em uma história ambientado na era da Segunda Guerra Mundial da Marvel. Esta é uma obra onde você poderá interpretar Steve Rogers/Capitão América, e parece que outros personagens da Marvel também aparecerão. E não vamos esquecer o novo jogo Blade, Marvel’s Blade.

O jogo, que acaba de ser anunciado no The Game Awards 2023, está sendo desenvolvido pela Arkane Lyon, a empresa por trás da série Dishonored e Deathloop. Arkane é propriedade da Bethesda, que por sua vez é propriedade da Microsoft.

Portal Mundo-Nipo

Sucursal Japão – Tóquio

Jonathan Miyata

Comentários estão fechados.