144 visualizações 2 min 0 Comentário

Alarme no Japão, Casos de Crueldade Animal Atingem Nível Recorde

- 12 de abril de 2024

Vítimas Silenciosas, Cães e gatos lideram as estatísticas de crueldade.

No último ano, o Japão registrou um número alarmante de casos de crueldade contra animais, atingindo um recorde histórico desde que os registros começaram em 2010. A Agência de Polícia Nacional revelou que foram contabilizados 181 incidentes de abuso animal, incluindo casos de assassinato e abandono, um aumento de 15 casos em comparação ao ano anterior.

A grande maioria desses incidentes, cerca de 90%, envolveu cães e gatos, totalizando 162 casos. No entanto, a crueldade não se limitou apenas a esses animais; houve também relatos envolvendo galinhas, hamsters, coelhos, vacas e tartarugas. Um dado preocupante é que mais de 60% desses casos foram identificados graças a denúncias de terceiros, e não pelos próprios donos dos animais.

A tendência crescente de casos de crueldade animal coincide com o aumento da popularidade dos pets no país. Diante dessa situação, a Agência Policial enfatiza a importância de uma postura mais rigorosa: “Se nenhuma melhoria for observada seguindo as orientações, será adotada uma aplicação rigorosa”.

Além da questão da crueldade animal, o relatório da Agência de Polícia também destacou um problema relacionado à segurança empresarial. Foram registrados 26 casos de roubo de segredos comerciais por indivíduos que deixaram suas empresas, um número três vezes menor em comparação ao ano anterior, mas ainda considerado elevado. As investigações policiais sobre essas questões também aumentaram, alcançando um recorde de 78 casos no último ano.

Esta situação sublinha a necessidade urgente de medidas mais efetivas para proteger os animais e a propriedade intelectual no Japão, refletindo desafios significativos tanto no âmbito social quanto no corporativo.

Portal Mundo-Nipo
Sucursal Japão – Tóquio
contato@mundo-nipo.com.br

Comentários estão fechados.