117 visualizações 3 min 0 Comentário

O Futuro de Koyasan, Turismo, Sustentabilidade e o Novo Imposto Sobre Visitantes

- 24 de abril de 2024

Patrimônio Mundial da UNESCO: A História Milenar de Koyasan. Explore os templos históricos e a beleza natural que atraem visitantes há séculos.

O Monte Koya, ou Koyasan, situado nas montanhas Kii da província de Wakayama, é um destino histórico que atrai visitantes há séculos. Este local, reconhecido pela UNESCO como Patrimônio Mundial, é famoso por seus complexos de templos com mais de mil anos de história, atraindo tanto peregrinos quanto entusiastas de atividades ao ar livre. A cidade de Koya, que abriga o Monte Koya, tem visto um aumento significativo no turismo, especialmente após o reconhecimento da UNESCO em 2004, o que também tem impulsionado o turismo doméstico, seguindo o exemplo de áreas como Tsukiji e Akihabara em Tóquio.

No entanto, com o aumento do turismo, a cidade enfrenta desafios únicos. A população de Koya diminuiu de cerca de 9.000 habitantes há 50 anos para aproximadamente 2.600 atualmente, enquanto o número de visitantes tem aumentado, com cerca de 1.397.000 viajantes em 2023, incluindo 93.900 do exterior. Este aumento de visitantes está pressionando a infraestrutura local, com custos crescentes em manutenção de banheiros públicos, sistema de esgoto, gestão de resíduos e serviços de emergência.

Diante desses desafios, o prefeito Yoshiya Hirano propõe a introdução de um imposto especial sobre visitantes para ajudar a sustentar a infraestrutura da cidade. Esta medida segue iniciativas semelhantes em outras áreas turísticas do Japão, como a trilha do Monte Fuji e a ilha de Miyajima. Apesar do aumento do turismo potencialmente aumentar as receitas fiscais, a natureza da cidade pequena e rural de Koya limita as oportunidades de gastos dos visitantes. Muitos turistas visitam Koya como uma viagem de um dia, minimizando seu impacto econômico na cidade.

O imposto sobre visitantes, que está previsto para ser implementado na primavera de 2028, não visa desencorajar o turismo, mas sim solicitar a colaboração de todos para manter a cidade e suas atrações. Ainda estão sendo discutidos os detalhes de quanto será cobrado e como o imposto será implementado.

Este cenário destaca a importância de equilibrar o turismo com a sustentabilidade da infraestrutura local, especialmente em locais de significado histórico e cultural como Koyasan. A proposta de imposto sobre visitantes reflete um esforço para garantir que tanto os residentes quanto os visitantes possam continuar a desfrutar da beleza e serenidade de Koya no futuro.

Logotipo Mundo-Nipo
Autor

**Portal Mundo-Nipo**
Sucursal Japão – Tóquio

contato@mundo-nipo.com.br

Comentários estão fechados.