Em Shirone, na prefeitura de Niigata, a 300km de Tóquio, ocorre um festival anual, com características singulares.

Se trata do anual “Giant Kite Battle”, em outras palavras batalhas de pipas gigantes, que ocorre sempre no início de junho.

Suas origens se voltam ao período Edo, quando muralhas novas foram construídas ao longo das margens do Nakanokuchi, para que evitasse inundações na cidade de Shirone.




 

A história conta que uma pipa local havia caído do rio em um campo de arroz, danificando-o, no lado oeste de Shirone, onde os moradores deste local ficaram indignados e optaram pela retaliação, através de uma construção de outra pipa e enviada ao lado leste para se vingarem do que havia sido causado ao campo de arroz.

Atualmente a batalha ainda ocorre sobre o rio Nakanokuchi e consiste em duas equipes, uma situada em ambos os lados do rio. Ambas atacam a margem oposta do rio enquanto seguram as cordas em suas pipas gigantes, puxando-as para o ar.

A correnteza para o norte do rio, combinada com os ventos do norte, desempenha um papel significativo na colocação das pipas gigantes no céu. Mas é o trabalho em equipe dos participantes e seu espírito competitivo que faz com que a pipa permaneça no ar e batalhe contra a da equipe adversária.

Uma vez que ambas as pipas estão no ar, os participantes tentam fazer suas pipas se chocarem pelo rio Nakanokuchi, aproveitando os ventos do norte, assim como a correnteza do rio. Quando as pipas se conectam, a batalha continua.

Quando as pipas se chocam, as duas equipes começam a puxar as cordas vigorosamente em um jogo de cabo de guerra, e a batalha se estende até que a corda do adversário arrebente e a pipa perca a força e caia no rio.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.