189 visualizações 2 min 0 Comentário

Bullying em universidade viram caso de polícia no Japão e Brasil

- 5 de outubro de 2023

Um incidente de bullying dentro de um renomado time de futebol da escola de Kumamoto será investigado por um comitê terceirizado depois que o conselho municipal de educação o considerou uma “situação séria” de acordo com a lei anti-bullying.

Um membro da equipe da Ozu High School, contou que vários jogadores da J. League e da seleção japonesa, foi supostamente forçado a se ajoelhar no chão nu em janeiro do ano passado, e foi filmado por membros seniores da equipe.

De acordo com o conselho de educação, a vítima – que era um estudante do primeiro ano, ou tinha cerca de 15 a 16 anos de idade – no momento do incidente, relatou ao seu professor que um membro mais velho da equipe alegou ter sido xingados pelo aluno do primeiro ano, como castigo forçaram-no a se ajoelhar nu e tiraram uma foto.

Casos de abusos em universidade foram relatados no Brasil na segunda quinzena de setembro. Durante um jogo de vôlei feminino, ao fundo da quadra, um grupo de homens exibe e toca as partes íntimas. Em outro vídeo, estudantes da Universidade Santo Amaro – UNISA abaixam as calças e correm pela quadra.

Após os vídeos virem à público, estudantes e autoridades começaram a cobrar punições a estes alunos. Quinze alunos do curso de Medicina da UNISA foram expulsos. O caso também foi registrado pela Polícia Civil de São Carlos, onde ocorreram os jogos universitários. A Polícia irá ouvir os envolvidos nos próximos dias e investiga os crimes de ato obsceno e importunação sexual.

Portal Mundo-Nipo

Sucursal Japão – Tóquio

Jonathan Miyata

Comentários estão fechados.