560 visualizações 2 min 0 Comentário

COI diz que não é necessário tomar “decisões drásticas” sobre os Jogos

- 18 de março de 2020
Homem sentado em frente a um anuncio dos jogos olimpicos de 2020

O comitê Olímpico Internacional disse que não há necessidades de tomar “decisões drásticas” sobre a realização das Olimpíadas e Paraolimpíadas que será realizada em Tokyo este ano. Os organizadores do evento estão sofrendo grande pressão sobre um posicionamento perante a pandemia do coronavírus. 

“O COI permanece totalmente comprometido com os Jogos Olímpicos de Tokyo 2020 e, com mais de quatro meses antes dos Jogos, não há necessidade de tomar decisões drásticas nesta fase; e qualquer especulação neste momento seria contraproducente”. O COI disse em um comunicado depois que seu conselho executivo se reuniu em Lausanne. 

Os jogos de Tokyo devem acontecer no dia 24 de julho e tem previsão de término para 9 de agosto. 

O evento esportivo é um dos únicos que sobreviveram à onda de cancelamentos por conta do surto de COVID-19, que causou mais de 7.400 mortes e infectou mais de 180 mil em todo o mundo. 

O então presidente dos EUA, Donald Trump, sugeriu que a capital japonesa adiasse os jogos por 12 meses, até que a pandemia cessasse e o vírus adormecesse, entretanto o primeiro-ministro Shinzo Abe, um dos maiores aliados dos Estados Unidos da América, disse que não tinha intenções de cancelar o evento.  

O primeiro-ministro também recebeu o poder de declarar estado de emergência para o país, entretanto Abe disse que não há necessidade até o momento. 

Leia também:   Exportações do Japão e importação da China caem drasticamente

Mundo-nipo: O principal portal de notícias do Japão