293 visualizações 2 segundo 0 Comentário

É proibido ter dupla cidadania no Japão, mas muitos as possuem

- 19 de outubro de 2023

Apesar da lei japonesa proibir a cidadania dupla ou múltipla, é sabido que os cidadãos muitas vezes conseguem manter a dupla cidadania de forma silenciosa devido à falta de um procedimento oficial de revogação.

Uma das milhares de pessoas que poderiam estar nesta zona cinzenta de cidadania é Yuri Kondo, uma advogada que está agora a intentar uma ação judicial para contestar a norma, a sua constitucionalidade e a sua ambiguidade.

Nascida e criada no Japão, Kondo, hoje com 76 anos, passou quatro décadas nos Estados Unidos. Ela primeiro estudou e depois se estabeleceu no estado do Arizona, onde trabalhou como advogada e constituiu família com seu marido americano de Bangladesh.

Portal Mundo-Nipo

Sucursal Japão – Tóquio

Jonathan Miyata

Comentários estão fechados.