136 visualizações 2 min 0 Comentário

Entre a Diversão e o Perigo, A Luta Contra a Exploração em Snack e Club

- 5 de abril de 2024

Proteção às Jovens: Medidas Contra Endividamento e Exploração Sexual.

Para combater práticas maliciosas em snack e club, a polícia japonesa intensificou suas ações, aplicando mais de 200 sanções administrativas a estes estabelecimentos por violações diversas. A Agência Nacional de Polícia (NPA) revelou que, em um esforço concentrado, 729 dos 1.000 clubes anfitriões do país foram fiscalizados, visando proteger especialmente as jovens, muitas das quais acabam endividadas e são pressionadas a entrar na indústria da prostituição. Destacando a gravidade da situação, um caso em março envolveu a prisão de um anfitrião por tentativa de forçar uma mulher à prostituição para saldar dívidas.

Em resposta a esses problemas, proprietários de snack e club em Kabukicho, Shinjuku, prometeram eliminar o sistema de pagamento posterior e restringir o acesso a menores de 20 anos. Entretanto, a eficácia dessas medidas ainda não foi confirmada. A NPA também identificou a atuação de grupos criminosos, conhecidos como “tokuryu”, que se beneficiam dessas práticas exploratórias, recrutando indivíduos para atividades ilegais através das redes sociais.

A Polícia da Província de Fukuoka reforçou a luta contra esses grupos com a criação de uma nova divisão de combate ao crime organizado, evidenciando a seriedade com que as autoridades estão tratando o problema. Além disso, o crescente número de consultas recebidas por organizações de apoio, como o Conselho de Pais e Mães para Proteger a Juventude (Seiboren), sublinha a urgência de ações mais efetivas contra a exploração nos snacks e clubs e o recrutamento para a indústria adulta, categorizados pela polícia como uma forma de tráfico de seres humanos.

Portal Mundo-Nipo
Sucursal Japão – Tóquio
contato@mundo-nipo.com.br

Comentários estão fechados.