578 visualizações 36 segundo 0 Comentário

Falta estrutura para os hoteis de Tokyo receber cadeirantes nas olimpíadas de 2020

- 11 de junho de 2019

A escassez de quartos para hóspedes com acesso para cadeira de rodas é um problema para os organizadores do Tokyo 2020, que se dizem comprometidos com o uso dos Jogos Paralímpicos para tornar o Japão um lugar mais inclusivo.

Enquanto o relógio marca a cerimônia de abertura dos Jogos, em 25 de agosto de 2020, o Governo Metropolitano de Tóquio admite que, segundo suas próprias estimativas, ainda há cerca de 300 quartos aquém das projetadas 850 salas acessíveis necessárias a cada noite durante as duas semanas de duração do torneio esportivo.




 

Em abril, o jornal britânico The Guardian informou que as autoridades paralímpicas britânicas ficaram “chocadas” quando os hotéis em Yokohama não colaboraram para atender às necessidades dos atletas, exigindo pagamento para tornar os quartos acessíveis.

De acordo com o jornal, os hotéis próximos ao campo de treinamento da equipe para os Jogos Paralímpicos disseram que cobrariam mais pela construção para tornar os quartos acessíveis e exigiram que pagassem novamente para converter os quartos de volta após os jogos.

Fonte: KYODO