106 visualizações 2 min 0 Comentário

Inteligência Artificial Revoluciona o Cuidado com Animais de Estimação

- 10 de junho de 2024

IA no Setor Pet: Benefícios e Riscos Especialistas Debatem Impacto das Novas Tecnologias.

INDIO HATUEY, Cuba (Reuters) – A inteligência artificial (IA) está transformando o cuidado com animais de estimação, com inovações como robôs companheiros, coleiras inteligentes e tradutores de miados. Sandeep Sadhu, de Massachusetts, usa um robô chamado ORo para cuidar de seu mini goldendoodle, Simba. O ORo alimenta, supervisiona e entretém Simba, estudando seu comportamento.

A tecnologia de IA está se expandindo rapidamente no setor de animais de estimação, com produtos como câmeras que distribuem guloseimas, coleiras que monitoram a saúde e tradutores que interpretam miados de gatos. Em 2023, os americanos gastaram US$ 147 bilhões com seus animais de estimação, e a indústria global deve atingir US$ 500 bilhões até 2030.

Melanie Rigden, da Califórnia, usa a coleira inteligente PetPace para monitorar a saúde de seu mini labradoodle, Rubi. A coleira rastreia dados biométricos e usa aprendizado de máquina para detectar sinais precoces de doenças. O aplicativo TTcare permite que os donos enviem fotos dos olhos, pele e dentes de seus animais para análise de IA.

O tradutor de miados MeowTalk, baixado mais de 22 milhões de vezes, interpreta vocalizações de gatos, ajudando a fortalecer o vínculo entre gatos e humanos. Con Slobodchikoff, especialista em comportamento animal, está desenvolvendo o Zoolingua, um tradutor de cães que usa sinais dos próprios animais para treinar o algoritmo.

Apesar das vantagens, especialistas alertam sobre os riscos de tecnologias avançadas, como a possível fragmentação do vínculo entre humanos e animais. Philip Tedeschi, da Universidade de Denver, destaca a importância de usar a IA de maneira ética para melhorar a vida dos animais

.Logotipo Mundo-Nipo

Autor
**Portal Mundo-Nipo**
Sucursal Japão – Tóquio
contato@mundo-nipo.com.brCopiar

Comentários estão fechados.