130 visualizações 3 min 0 Comentário

Japão Antecipa Famílias Menores, O Impacto na Sociedade até 2033

- 14 de abril de 2024

Um Marco Histórico: Famílias Japonesas com Menos de Duas Pessoas, Uma Realidade Prevista para 2033.

Uma recente projeção divulgada pelo Japão sinaliza uma mudança significativa na estrutura familiar do país, prevendo que o tamanho médio da família cairá para menos de duas pessoas até 2033. Este marco, parte das “Estimativas Futuras do Número de Famílias no Japão”, é baseado em dados coletados pelo Instituto Nacional de Pesquisa Populacional e de Seguridade Social, utilizando informações do censo de 2020 e estendendo a previsão até 2050.

Segundo o Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar, espera-se que o número médio de pessoas por domicílio diminua de 2,21 em 2020 para 1,99 em 2033, alcançando 1,92 até 2047 antes de se estabilizar. Este declínio reflete transformações profundas na sociedade japonesa, com implicações significativas para políticas públicas e serviços sociais.

A análise prevê que o total de domicílios no Japão atingirá seu ápice em 2030, com 57,73 milhões, antes de iniciar um declínio progressivo para 52,61 milhões em 2050. Observa-se uma tendência de redução nos lares compostos por casais com filhos, casais sem filhos e pais solteiros com filhos. Em contrapartida, projeta-se um aumento expressivo nas famílias unipessoais, que deverão constituir 44,3% do total de lares até 2050.

O estudo também destaca um crescimento na proporção de idosos vivendo sozinhos, especialmente entre homens e mulheres com mais de 65 anos. A porcentagem de homens idosos vivendo sozinhos deve aumentar de 16,4% para 26,1%, e a de mulheres, de 23,6% para 29,3% até 2050. Além disso, projeta-se que a proporção de idosos solteiros sem parentes próximos vivendo sozinhos quase dobrará, evidenciando um aumento acentuado no número de idosos sem suporte familiar.

Diante dessas projeções, o Instituto Nacional de Pesquisa Populacional e de Seguridade Social alerta para a crescente necessidade de desenvolver sistemas de apoio para esses indivíduos, abrangendo não apenas assistência médica e de cuidados, mas também suporte para gestão financeira e tomada de decisões diárias. A mudança na demografia familiar japonesa exige uma reflexão urgente sobre como a sociedade pode adaptar suas estruturas de apoio para atender às necessidades de sua população em envelhecimento.

Logotipo Mundo-Nipo
Autor

Portal Mundo-Nipo
Sucursal Japão – Tóquio
contato@mundo-nipo.com.br

Comentários estão fechados.