243 visualizações 4 min 0 Comentário

Japão Refina Política de Residência Permanente para Estrangeiros Sob Nova Legislação

- 16 de maio de 2024

Vivendo no Japão: O Futuro dos Residentes Permanentes Estrangeiros. Saiba mais sobre o que significa ser um residente permanente no Japão sob as novas leis propostas.

O Primeiro-Ministro do Japão, Fumio Kishida, esclareceu recentemente que as mudanças propostas na política de residência permanente para estrangeiros serão aplicadas apenas em casos específicos de má conduta. Durante uma sessão do Comitê de Assuntos Judiciais da Câmara dos Representantes, Kishida enfatizou que a maioria dos residentes permanentes estrangeiros não será afetada pela nova regra, que visa revogar autorizações de residência permanente em situações onde houve falha intencional no pagamento de impostos ou prêmios de segurança social.

Esta clarificação vem em resposta a preocupações levantadas sobre uma disposição em um projeto de lei que propõe mudanças significativas na lei de imigração e refugiados do país. O projeto de lei, que também propõe a substituição do programa de estágio técnico existente por um novo esquema de formação de trabalhadores estrangeiros, tem como objetivo abordar a escassez de mão de obra no Japão, permitindo uma integração mais eficaz de trabalhadores estrangeiros qualificados.

A proposta legislativa permitiria ao governo revogar a residência permanente de estrangeiros que deliberadamente evitam suas obrigações fiscais ou de segurança social. Esta medida gerou debate, com críticas vindas de Daiki Michishita, do Partido Democrático Constitucional do Japão, que questionou a falta de estudos sobre quantos residentes permanentes estrangeiros estão atualmente em falta com essas obrigações. Michishita argumentou contra a disposição, sugerindo que não há justificativa legislativa suficiente para sua implementação.

Em resposta, Kishida assegurou que a decisão de revogar autorizações de residência permanente será tomada com consideração cuidadosa, levando em conta as condições de vida dos estrangeiros no Japão. Os residentes permanentes no Japão desfrutam de um status que lhes permite viver e trabalhar no país sem restrições de tempo ou atividade, desde que cumpram certos critérios, como uma estadia de dez anos ou mais e um histórico limpo de obrigações legais e fiscais.

Atualmente, o Japão tem cerca de 890 mil residentes permanentes estrangeiros, um número que se espera aumentar com a introdução do novo esquema de formação de trabalhadores. Este esquema visa não apenas suprir a escassez de mão de obra, mas também facilitar a integração de trabalhadores estrangeiros no mercado de trabalho japonês, oferecendo um caminho para a residência de médio a longo prazo após um período de formação de três anos.

As mudanças propostas refletem um esforço do governo japonês para equilibrar a necessidade de talentos estrangeiros com a garantia de que todos os residentes contribuam justamente para o sistema fiscal e de segurança social do país.

Logotipo Mundo-Nipo
Autor

**Portal Mundo-Nipo**
Sucursal Japão – Tóquio
contato@mundo-nipo.com.br

Comentários estão fechados.