150 visualizações 3 min 0 Comentário

Lojas de Departamentos no Japão, Entre Recordes de Lucro e o Desafio do Fechamento de Lojas

- 23 de abril de 2024

Lucros Surpreendentes: O segredo por trás do sucesso das lojas de departamentos japonesas.

No atual panorama do varejo japonês, marcado por uma tendência de fechamentos de lojas em todo o país, o setor de lojas de departamentos destaca-se por registrar lucros recordes. Esse sucesso tem sido impulsionado, em grande parte, pelo crescente número de turistas estrangeiros, atraídos por uma taxa de câmbio favorável, que encontram no Japão um destino de compras ideal.

O Grupo Takashimaya é um exemplo emblemático dessa tendência, celebrando os maiores lucros dos últimos 33 anos. Essa conquista é atribuída ao aumento do fluxo de visitantes internacionais, aproveitando um iene mais fraco. Em resposta a essa demanda, o grupo intensificou sua presença em plataformas de mídia social internacionais e contratou funcionários bilíngues, visando melhor atender a esse segmento em expansão. Além disso, a Matsuya Ginza está se preparando para lançar um serviço de reserva através de um aplicativo dedicado a visitantes estrangeiros a partir de junho, evidenciando uma adaptação estratégica ao mercado global.

No entanto, o cenário é de contrastes acentuados. Enquanto alguns estabelecimentos florescem, outros enfrentam dificuldades, resultando em uma polarização extrema no setor. Isso é ilustrado pelo fechamento de importantes lojas de departamentos, como a Ichibata em Shimane, o Parco em Shin-Tokorozawa, Saitama, e o anunciado encerramento da Takashimaya em Gifu. Em algumas regiões, como Gifu e Shimane, o número de grandes armazéns caiu para zero, refletindo uma redução nacional de 40% desde 1999.

A ascensão do e-commerce e a conveniência dos supermercados contribuem para o declínio das lojas físicas. Chiaki Horan, comentando sobre a mudança na percepção dos grandes armazéns, aponta para uma realidade econômica que favorece opções mais acessíveis, como supermercados e compras online, em detrimento dos tradicionais destinos de compras.

Diante desses desafios, algumas lojas de departamentos estão se reinventando, mudando suas marcas e modelos de negócios. O Tachikawa Takashimaya SC, por exemplo, transformou-se em uma loja especializada, integrando supermercados e drogarias. Da mesma forma, a Kintetsu Department Store está removendo o termo “loja de departamentos” de seus nomes, exceto na loja principal, refletindo uma adaptação às mudanças do mercado.

Essas estratégias indicam uma evolução no setor de lojas de departamentos no Japão, buscando equilibrar tradição com inovação para enfrentar a nova realidade do varejo.

Logotipo Mundo-Nipo
Autor

**Portal Mundo-Nipo**
Sucursal Japão – Tóquio
contato@mundo-nipo.com.br

Comentários estão fechados.