152 visualizações 2 min 0 Comentário

Médico e filha são presos por decapitação em ‘hotel do amor’

- 24 de julho de 2023

Crédito: Japan Times – 24/07/2023 – Segunda

Um médico de Sapporo e sua filha foram presos na segunda-feira sob suspeita de decapitar um homem no início deste mês em um hotel da cidade e depois sair com a cabeça, disse a polícia local.

A polícia tenta apurar o motivo, bem como a relação entre Osamu Tamura, 59, sua filha Runa, 29, e a vítima, identificada como Hitoshi Ura, 62, encontrada nua e sem cabeça no banheiro de um quarto de hotel no dia 2 de julho.

A polícia acredita que Runa Tamura e Ura se conheciam, mas se recusou a dizer se os dois suspeitos se declararam culpados das acusações.

A autópsia da vítima revelou que a causa da morte foi um choque hemorrágico causado pela perda de sangue devido às facadas, enquanto a cabeça de Ura foi cortada com uma lâmina e retirada do local.

Ura e outra pessoa se registraram no hotel em Sapporo por volta das 22h50 do dia 1º de julho, com a outra pessoa saindo sozinha por volta das 2h do dia seguinte.

A pessoa que acompanhava Ura era pequena, trajando roupas femininas de cor clara e chapéu de abas largas ao entrar na sala, mas vestida de preto ao sair, segundo fontes investigativas.

O corpo de Ura foi descoberto no final de 2 de julho por um funcionário do hotel que foi verificar o quarto depois de suspeitar que ele não havia feito o check-out à tarde.

O incidente ocorreu na área de Susukino da cidade, onde estão localizados muitos hotéis do amor de curta duração.

Foto: Japan Times (O hotel onde um corpo sem cabeça foi encontrado em Sapporo. Dois suspeitos foram presos até agora, mas a polícia ainda não determinou o motivo. | KYODO)

Comentários estão fechados.