208 visualizações 2 min 0 Comentário

Monte Fuji Mais Seguro, Seu Pedágio Financia Melhorias Cruciais

- 7 de março de 2024

Monte Fuji Introduz Pedágio Inédito para Escaladores a Partir de 2023″. “Nova taxa de 2.000 ienes visa regular o acesso e promover a segurança

A partir do verão de 2023, os entusiastas de escalada que desejam enfrentar o desafio de subir o Monte Fuji precisarão reservar não apenas sua energia e entusiasmo mas também um pedágio adicional de 2.000 ienes. Esta nova medida foi unanimemente aprovada e promulgada pela Assembleia da Província de Yamanashi, visando regular o acesso pela Rota Yoshida, que serpenteia pelo lado de Yamanashi da montanha.

Esta iniciativa surge em resposta às crescentes preocupações com a segurança, destacando-se o fenômeno conhecido como “escalada à bala”. Este termo descreve a prática arriscada de alpinistas que tentam alcançar o cume do Monte Fuji durante a noite, sem a devida preparação ou reserva em uma das cabanas de montanha, aumentando significativamente o risco de acidentes.

Para combater esta prática perigosa e melhorar a segurança geral, a portaria estipula que, a partir de 1º de julho, um portão localizado na quinta estação da montanha será fechado diariamente das 16h às 3h da manhã seguinte. Durante este período, o acesso ao caminho estará restrito àqueles que pagarem o pedágio de 2.000 ienes.

Além de promover a segurança, a medida tem o objetivo de controlar o fluxo de alpinistas, limitando o número de escaladores a um máximo de 4.000 por dia. Esta restrição busca não apenas reduzir o congestionamento nas trilhas mas também preservar a qualidade da experiência para todos os visitantes.

Os fundos arrecadados com o pedágio, que se soma à taxa de entrada opcional de 1.000 ienes, totalizando até 3.000 ienes por pessoa, serão destinados a financiar iniciativas de alívio do congestionamento e melhorias na segurança. Essa estratégia reflete um compromisso com a sustentabilidade e a preservação do Monte Fuji, garantindo que gerações futuras possam continuar desfrutando deste icônico patrimônio natural do Japão de maneira responsável e segura.

Comentários estão fechados.