Uma reportagem na NHK informou que a prefeitura de Gifu cometeu um erro que pode ter custado a vida de uma mulher com cerca de 50 anos de idade.

A prefeitura se responsabilizou por realizar exames de câncer de pulmão, estômago e mama, nas moradores locais, assim como a entrega dos resultados entre julho do ano passado e fevereiro deste ano.




 

Um erro fez com que cinco mulheres na faixa de 50-79 anos de idade recebessem a notificação alegando que não estavam doentes, quando estavam.

Na terça-feira (16), uma dessas mulheres morreu por câncer de pulmão e estômago. Em abril, a mulher realizou novos exames que detectaram a doença num estágio avançado.

“Lamentamos também o fato de termos traído a confiança da população com relação aos exames de câncer. Vamos nos esforçar em um plano preventivo, para evitar erros como este no futuro”, declarou o prefeito Masanao Shibahashi.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.