116 visualizações 3 min 0 Comentário

Quase metade dos jovens no Japão já teve pensamentos suicidas, revela pesquisa

- 4 de maio de 2023

Crédito: Japan Times – 04/05/2023 – Quinta

Quase metade dos jovens no Japão já teve pensamentos suicidas, de acordo com uma pesquisa da Nippon Foundation, com a maioria dos entrevistados dizendo que não falou com ninguém sobre seus sentimentos.

O relatório baseado na pesquisa, que buscou respostas de 501.018 pessoas entre 18 e 29 anos em novembro e recebeu respostas válidas de 14.819, foi divulgado no mês passado e descobriu que 56,6% daqueles que tiveram pensamentos suicidas não falaram com ninguém sobre isso, enquanto 12,4% das pessoas disseram que se abriram com amigos e 11,7% com suas mães. Mais da metade dos entrevistados desconhecia organizações ou grupos de apoio que ajudam pessoas com pensamentos suicidas.

No geral, o relatório mostrou que 44,8% dos entrevistados tiveram ideação suicida, citando dificuldades em seus relacionamentos com outras pessoas, bullying e ansiedade sobre seu futuro emprego ou perspectivas educacionais. Entre aqueles que tiveram pensamentos suicidas, 40,8% disseram que se prepararam para tirar a própria vida ou tentaram.

O número de respondentes às questões sobre ideação suicida foi de 14.555.

Daqueles que se identificaram como LGBTQ, 59,4% tiveram ideação suicida. Especificamente para pessoas transgênero e não-binárias, que representavam 10% dos entrevistados, 52,4% tiveram ideação suicida. O número foi de 41,3% para pessoas que se identificaram como cisgênero – aquelas cuja identidade de gênero corresponde ao sexo que lhes foi atribuído no nascimento.

As pessoas que sofreram abuso sexual tiveram maior probabilidade de relatar pensamentos suicidas, com o número chegando a 76,4%, em comparação com 39,3% para aqueles que não sofreram abuso sexual. A pesquisa constatou que 15,3% dos entrevistados sofreram abuso sexual.

Segundo dados do Ministério da Saúde, o suicídio foi a principal causa de morte de jovens de 2019 a 2021.

Se você ou alguém que você conhece está em crise e precisa de ajuda, há recursos disponíveis. Em caso de emergência no Japão, ligue para 119 para assistência imediata. O TELL Lifeline está disponível para aqueles que precisam de aconselhamento gratuito e anônimo em 03-5774-0992. Para aqueles em outros países, visite International Suicide Hotlines para obter uma lista detalhada de recursos e assistência.

Foto: Japan Times (Um trabalhador de uma organização sem fins lucrativos com sede em Tóquio que fornece apoio à prevenção do suicídio atende uma ligação. | KYODO)

Comentários estão fechados.