169 visualizações 4 min 0 Comentário

Takahama, A Pequena Cidade Pesqueira que Revitaliza o Turismo no Japão

- 24 de maio de 2024

Perspectiva Única do Japão Através do Trabalho no RRC. Experiências Enriquecedoras de Voluntários Estrangeiros.

KUSHIRO, HOKKAIDO – A cerca de 70 quilômetros ao norte de Kyoto, a pequena cidade pesqueira de Takahama está ganhando destaque. Conhecida por suas praias imaculadas e pelo surf, Takahama tem uma rica história que remonta ao Período Heian (794-1185), quando a aristocracia de Kyoto importava cavala (saba) da região. As estradas que ligavam Takahama a Kyoto ficaram conhecidas como “Saba Kaido” ou “rodovia da cavala”.

Takahama: Um Destino Alternativo para o Turismo

Mil anos depois, em meio ao iene fraco e ao turismo excessivo, Kyoto busca alívio na Saba Kaido, não mais pela cavala, mas pela esperança de que Takahama se torne um destino alternativo para turistas que buscam uma experiência autêntica do Japão. Takahama não está sozinha nessa empreitada; várias pequenas cidades no Japão estão tentando atrair turistas que desejam fugir das multidões de Tóquio, Kyoto e Osaka.

Bryan Eastlake: O Embaixador de Takahama

Bryan Eastlake, originário de Telford, Inglaterra, é um residente de longa data no Japão e agora mora em Takahama. Em 2023, ele iniciou um contrato de três anos com a associação de turismo local para promover Takahama. Eastlake, de 38 anos, usa suas habilidades em escrita e fotografia para destacar os melhores lugares da cidade, postando pelo menos duas vezes por mês em seu blog.

Corpo de Revitalização Regional (RRC): Atraindo Turistas para Áreas Rurais

O Corpo de Revitalização Regional (RRC) é uma estratégia do governo japonês para combater o despovoamento rural, atraindo turistas e seus recursos financeiros. Com uma meta de 10.000 membros até 2026, o RRC busca residentes estrangeiros no Japão para ajudar a comercializar tesouros provinciais. Lançado em 2008, o programa é gerido pelo Ministério dos Assuntos Internos e faz parcerias com governos locais para apoiar a migração das cidades para o campo.

O Papel de Catherine Cornelius no RRC

Catherine Cornelius, uma americana de 28 anos, encontrou uma transição tranquila do Programa de Intercâmbio e Ensino do Japão (JET) para o RRC. Ela agora trabalha com a província de Fukui, promovendo parcerias entre grupos comunitários não japoneses e residentes locais. Cornelius desempenha um papel crucial na tradução, promoção nas redes sociais e conexão de interessados, organizando eventos como aulas de samba e cursos de culinária.

Oportunidades no RRC para Residentes Estrangeiros

Atualmente, o RRC conta com cerca de 200 residentes estrangeiros trabalhando em diversas indústrias pelo Japão. O programa oferece oportunidades para aqueles que desejam se envolver na revitalização de comunidades rurais. As listagens de vagas podem ser encontradas na página inicial do RRC, com o processo de contratação sendo realizado em japonês. Um alto nível de proficiência em japonês é necessário para se integrar rapidamente ao local de trabalho e à comunidade.

Conclusão: Revitalizando Comunidades Rurais no Japão

O trabalho no RRC oferece uma oportunidade valiosa para aprender e contribuir para o fortalecimento de comunidades locais. Bryan Eastlake e Catherine Cornelius são exemplos de como residentes estrangeiros podem fazer a diferença na revitalização de áreas rurais no Japão. A missão coletiva de dar vida nova a cidades que necessitam desesperadamente pode ser uma força galvanizadora, proporcionando uma perspectiva única do Japão.

Logotipo Mundo-Nipo
Autor

**Portal Mundo-Nipo**
Sucursal Japão – Tóquio
contato@mundo-nipo.com.br

Comentários estão fechados.