27 visualizações 2 min 0 Comentário

83,8% dos Japoneses em Áreas Menos Urbanas Não Interagem com Estrangeiros, Diz Estudo

- 11 de fevereiro de 2024

Resistência à Diversidade: Como a População Local Vê o Crescimento dos Estrangeiros no Japão.

Explore as preocupações dos residentes sobre o aumento da população estrangeira e os impactos percebidos na ordem social.

Um estudo recente destaca a baixa interação entre japoneses residentes em áreas menos urbanizadas e estrangeiros vivendo nessas comunidades, apontando a necessidade urgente de esforços de integração no Japão. Conduzida pela Universidade Taisho, a pesquisa online envolveu moradores de 59 localidades japonesas com uma população estrangeira correspondente a 5% ou mais, excluindo os principais centros urbanos como os 23 distritos de Tóquio e as 20 principais cidades designadas.

Dos 1.194 respondentes válidos, uma maioria esmagadora (83,8%) relatou não ter contato regular com estrangeiros em suas comunidades. Dentre os 16,2% que interagem, a maioria o faz no ambiente de trabalho (39,7%), seguido por vizinhança (32,5%) e amizades (21,6%).

Interessantemente, mais da metade dos participantes (54,5%) expressou resistência a um aumento da população estrangeira local, citando preocupações com possíveis conflitos e impactos na ordem social.

Este levantamento ocorre em um momento em que o Japão, enfrentando declínio demográfico e envelhecimento populacional, abre suas portas para um número crescente de trabalhadores estrangeiros, que já somavam 2,04 milhões ao final de outubro, de acordo com dados do Ministério do Trabalho do Japão.

Yuko Tsukasaki, professora responsável pela pesquisa, enfatiza a importância de ouvir e adaptar-se às necessidades dos residentes estrangeiros, visando a construção de uma sociedade mais inclusiva e harmoniosa. Ela argumenta que, à medida que o Japão se torna cada vez mais dependente de mão de obra estrangeira, é crucial que o país se torne um ambiente acolhedor, promovendo oportunidades para que estrangeiros possam estabelecer carreiras duradouras e uma vida confortável.