11.745 visualizações 2 min 0 Comentário

Abertura de entrada no Japão aos brasileiros irá demorar

- 1 de maio de 2020

O Japão fechou a entrada aos estrangeiros de 73 países, inclusive o Brasil, no dia 03 de abril de 2020, sem a expectativa de reabertura.
O fato gerou consequências terríveis para os descendentes de japoneses que tinham como plano a vida no país do Sol Nascente.

O Consulado Geral do Japão de São Paulo anunciou que no mês de maio de 2020 está descartado a emissão de vistos japoneses com o intuito de trabalho, mas não esclareceu quando passará a expedir novos vistos desta natureza.

Conversamos com uma família que estava no aguardo do recebimento de visto japonês para viajar ao Japão em busca de trabalho, a sra. Clarice Oyama:

`”O nosso processo de pedido de visto no Consulado do Japão em São Paulo foi iniciado no mês de março de 2020, estávamos esperançosos que no mês de maio pudéssemos todos viajar para lá. Vivemos um momento difícil, pois estamos atualmente desempregados e vivendo na casa de familiares.”

Devido a pandemia, muitas cidades brasileiras estão em situação de isolamento, sem a abertura de lojas que não seja farmácia, supermercado e material de construção. Há lanchonetes e restaurantes trabalhando em sistema de delivery.
A queda nas vendas de empresas trará o desemprego em massa, inadimplência e a falência de muitos negócios.
O momento deveria ter o apoio do Governo Federal para ajudar as empresas a terem acessos ao capital de giro com carência de pelo menos seis meses, taxa de juros de alguns porcentos ao ano.
Infelizmente o que vemos é o acesso à empréstimos de bancos privados que praticam taxas de 3 à 7% ao mês, sem carência, financiado em 36 meses.
Com este cenário, o número de desemprego só tem a crescer, o Japão que sempre foi o Plano de B de descendentes de japoneses hoje está distante.
Profissionais que atuam na área traçam como expectativa de reabertura no final do ano de 2020.

Portal Mundo-Nipo
Brasil São Paulo
Suzana Veiga