100 visualizações 2 min 0 Comentário

Chefes de Estados solidarizam-se com o Japão após terremoto

- 3 de janeiro de 2024

“(A primeira-dama) Jill (Biden) e eu estamos orando pelo povo do Japão que foi afetado pelo terrível terremoto”, disse o presidente dos EUA, Joe Biden, em um comunicado.

“A minha administração está em contato com as autoridades japonesas e os Estados Unidos estão prontos para fornecer qualquer assistência necessária ao povo japonês”, disse ele. “Como aliados próximos, os Estados Unidos e o Japão partilham um profundo vínculo de amizade que une o nosso povo. Os nossos pensamentos estão com o povo japonês durante este período difícil.”

O primeiro-ministro britânico, Rishi Sunak, emitiu um comunicado dizendo que seus pensamentos estão com todas as pessoas afetadas pelo terremoto. “Estamos prontos para apoiar o Japão e monitoramos de perto os desenvolvimentos”, acrescentou.

O primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, disse no X que o Canadá está ao lado do povo do Japão e está pronto para estender a mão amiga, enquanto o presidente francês Emmanuel Macron expressou solidariedade ao Japão, dizendo que o país pode contar com o apoio da França.

Numa mensagem no X, a diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional, Kristalina Georgieva, também disse: “Hoje, o Japão está em meus pensamentos e orações enquanto enfrenta mais um poderoso terremoto. Admiro a força do país e de seu povo – você nos ensina a todos uma lição valiosa sobre como investir na resiliência necessária num mundo mais propenso a choques.”

Portal Mundo-Nipo

Sucursal Japão – Tóquio

Jonathan Miyata

Comentários estão fechados.