197 visualizações 2 min 0 Comentário

Covid-19 e o crescimento da gripe preocupam o governo japonês

- 25 de setembro de 2023

A preocupação com as infecções por COVID-19 está coincidindo com a temporada prematura de gripe no Japão à medida que relatórios do Ministério da Saúde mostram números mais elevados semana após semana.

No período entre 11 e 17 de setembro, a contagem média nacional de casos de gripe aumentou para mais de 7,03 por instituição, de apenas 4,48 na semana anterior, de acordo com o relatório semanal mais recente do Ministério da Saúde, divulgado na sexta-feira.

A província de Okinawa teve a contagem média mais alta , com mais de 20 casos. Depois de Okinawa estavam as províncias de Ehime, Saga, Chiba e Tóquio.

Tóquio também emitiu um alerta de gripe na semana passada, depois de ultrapassar o limite de 10 casos, atingindo 11,37. Em sua coletiva de imprensa regular na sexta-feira, a governadora de Tóquio, Yuriko Koike, incentivou medidas contínuas de prevenção de infecções, como ventilação adequada, lavagem das mãos e uso de máscara, para prevenir a gripe e a COVID-19.

Entre 11 e 17 de setembro, mais de 2.400 escolas decidiram suspender aulas e séries individuais ou fechar completamente as instalações escolares. Quarenta e oito escolas relataram o fechamento de todas as instalações, em comparação com apenas 10 na semana anterior.

Embora os casos nacionais de COVID-19 tenham diminuído em relação à semana anterior, o coronavírus continua a prevalecer.

Na semana entre 11 e 17 de setembro, foram notificados 86.510 casos de COVID-19, com uma contagem média de casos de 17,54 por instituição notificadora, abaixo dos mais de 20 da semana anterior.

A distribuição da vacina COVID-19 no outono começou na semana passada e o Ministério da Saúde recomenda verificar as orientações municipais sobre os planos de distribuição.

As vacinas contra a COVID-19 são atualmente gratuitas, enquanto o custo das vacinas contra a gripe pode variar conforme a instituição médica.

Portal Mundo-Nipo

Sucursal Japão – Tóquio

Jonathan Miyata

Comentários estão fechados.