Início Japão Cultura Jornalista Frances crítica a prisão de Ghosn e acredita ter sido uma...

Jornalista Frances crítica a prisão de Ghosn e acredita ter sido uma estratégia da Nissan para “rejaponizar” a montadora

703
0
A prisão de Carlos Ghosn tem como objetivo rejapanizar a Nissan, conforme Philippe Riès. Foto: DCI

Foi publicado um artigo no jornal de economia e finanças Les Echos online da França no dia 18 de dezembro, pelo jornalista Philippe Riès, sobre a prisão de Carlos Ghosn.

Para o jornalista que já morou no Japão como correspondente da Agence France-presse-AFP, ou agência de notícias da França, correspondente em Tóquio, a detenção de Ghosn “é pior do que a Polônia no período comunista”.

Riès já teve uma experiência na Polônia quando foi detido sob suspeita de ser espião, há 40 anos. Ele disse que as condições de detenção no Japão democrático são piores do que a que experimentou na Polônia.

Ele critica a promotoria japonesa “Nenhum dos diretores das empresas foi detido quando foi descoberta a responsabilidade do acidente da usina nuclear de Fukushima Daiichi, da Tepco-Tokyo Electric Power Company, ou da questão do problema na contabilidade da Toshiba”.

Sobre Carlos Ghosn “está claro que está sendo discriminado”, para ele, tirar Ghosn de cena foi estratégia da Nissan para “rejapanizar” a montadora. O jornalista já escreveu livros e um deles é sobre Ghosn.

Fonte: Portal Mie

http://www.portalmie.com/atualidade/mundo/noticias-do-mundo/2018/12/jornalista-critica-duramente-o-sistema-do-japao-pela-prisao-de-ghosn/.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here