144 visualizações 3 min 0 Comentário

Kendrick Lamar vs. Drake, A Rivalidade que Ressoa no Hip-Hop Japonês

- 11 de maio de 2024

Impacto no Japão: A Resposta do Hip-Hop Local Como a disputa entre Lamar e Drake ecoa entre os artistas japoneses.

A rivalidade entre Kendrick Lamar e Drake, dois gigantes do rap mundial, transcendeu fronteiras, chegando a provocar reações até mesmo entre artistas do Japão, um país onde o hip-hop tem suas próprias tensões entre o comercial e o artístico. Essa disputa, que se arrasta há anos, ganhou novos contornos com trocas de farpas em músicas e nas redes sociais, evidenciando não apenas um embate pessoal, mas também a eterna questão que permeia o hip-hop: a luta entre a autenticidade artística e o sucesso comercial.

Recentemente, a briga esquentou com acusações graves de ambos os lados, capturando a atenção global. Kendrick Lamar, conhecido por sua profundidade lírica e reconhecimento crítico, incluindo um Prêmio Pulitzer, e Drake, símbolo do sucesso comercial com recordes de streaming e hits número um, representam dois polos dentro do mesmo gênero que frequentemente se encontram em conflito.

A repercussão dessa rivalidade alcançou o hip-hop japonês, com artistas locais entrando na discussão através de versos que criticam Drake, incentivados por um desafio proposto pelo produtor americano Metro Boomin. Essa participação dos rappers japoneses não apenas destaca a universalidade do hip-hop e suas disputas, mas também reflete as próprias divisões dentro da cena japonesa, onde o debate entre a integridade artística e o apelo comercial é tão presente quanto no Ocidente.

No Japão, essa divisão se manifesta desde a década de 1990, com artistas criticando uns aos outros por se desviarem das raízes e essências do rap em favor de uma abordagem mais comercial, muitas vezes mesclada ao J-pop. Esse embate ideológico entre manter-se fiel às origens do hip-hop e buscar o sucesso comercial tem sido uma constante, gerando diversas rivalidades e músicas dissimuladas ao longo dos anos.

A situação entre Lamar e Drake, portanto, ressoa profundamente com os artistas japoneses, que veem em Lamar um espelho de suas próprias lutas pela autenticidade no hip-hop. A participação de rappers japoneses na briga, criticando Drake, não é apenas uma resposta a um desafio, mas um posicionamento em uma discussão maior sobre o que o hip-hop deve representar.

Essa interação internacional destaca como o hip-hop, apesar de suas raízes americanas, tornou-se um fenômeno global, com questões e debates que transcendem idiomas e culturas. A rivalidade Lamar-Drake, ao provocar reações até mesmo no Japão, mostra como o gênero continua a ser um espaço de expressão artística vibrante e contestadora, independentemente de onde se faz música.

Logotipo Mundo-Nipo
Autor

**Portal Mundo-Nipo**
Sucursal Japão – Tóquio
contato@mundo-nipo.com.br

Comentários estão fechados.