77 visualizações 3 min 0 Comentário

Lula Discute Cooperação e Comércio com Ministro Kishida

- 27 de janeiro de 2024

Na manhã de quarta-feira (10), o presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, teve uma conversa telefônica produtiva com o primeiro-ministro do Japão, Fumio Kishida. Os temas centrais dessa interação bilateral foram o fortalecimento da parceria estratégica e do comércio entre as duas nações. A discussão também girou em torno da presidência brasileira do G20 e o papel ativo dos países em fóruns multilaterais.

Durante o diálogo, foi considerada a possibilidade de um acordo comercial entre o Mercosul e o Japão. Um comunicado oficial do Palácio do Planalto informou sobre a manifestação de ambos os líderes, que expressaram intenções para uma visita oficial do líder japonês ao Brasil. Nessa ocasião, o presidente Lula demonstrou sua solidariedade ao povo japonês, especialmente às vítimas dos terremotos de 1º de janeiro.

O presidente Lula lembrou que, no próximo ano, as relações diplomáticas entre Brasil e Japão atingirão a marca de 130 anos, reforçando a importância de ambos os países continuarem trabalhando pelo fortalecimento da parceria estratégica e pelo crescimento do comércio bilateral.

A comunicação também trouxe à luz o aumento no número de vítimas dos terremotos no Japão, que agora contabiliza 168 mortos, com aproximadamente 300 pessoas ainda desaparecidas. O governo japonês comprometeu-se a liberar cerca de R$ 150 milhões para auxiliar na reconstrução das áreas mais afetadas. Foi mencionado, também, um terremoto recente de magnitude 6,7 na costa das Filipinas.

Lula e Kishida abordaram a defesa da paz e a resolução de conflitos em diversas partes do mundo, enfatizando a importância do reforço das instâncias multilaterais para evitar a repetição de guerras, citando exemplos como os conflitos na Ucrânia e em Gaza.

Finalmente, o comunicado do Planalto destaca o agradecimento de Lula pelo convite de Kishida para a Cúpula do G7 em Hiroshima no ano anterior, e a expectativa de que o Japão participe ativamente no G20 sob a presidência do Brasil este ano. Lula ressaltou a necessidade de centralizar as discussões do G20 em torno das mudanças climáticas e energias renováveis.

Comentários estão fechados.