163 visualizações 2 min 0 Comentário

O Monte Fuji em Alerta: Estratégias do Japão para Desastres

- 16 de janeiro de 2024

Preparação para Erupção do Monte Fuji: Importância de Planos de Emergência”

O Japão pondera o risco de uma erupção do Monte Fuji, especialmente após um grande terremoto. Histórico de atividade vulcânica há três séculos reforça a necessidade de preparação. Especialistas e profissionais da saúde em áreas próximas ao vulcão enfatizam a seriedade de exercícios de preparação para evitar desastres em potencial.

O Dr. Hideaki Anan, diretor de medidas médicas de crise em Kanagawa, liderou exercícios de treinamento para responder a danos extremos, como falta de visibilidade e cinzas vulcânicas obstruindo vias respiratórias. Estes treinamentos buscam garantir transporte e tratamento médico contínuo em condições adversas.

A simulação recente em Kanagawa, que assumiu danos extremos de um grande terremoto seguido por uma erupção, revelou a complexidade da resposta a desastres. A ausência de eletricidade e comunicações interrompidas mostraram a necessidade de planos de emergência robustos em hospitais e centros de comando.

O exercício destacou a importância da preparação extensiva para manter cuidados médicos e logística em meio ao caos. A experiência do Dr. Anan com desastres anteriores, incluindo o terremoto de Tohoku em 2011, ressalta a necessidade de um sistema eficiente de assistência médica em situações catastróficas.

A última erupção do Monte Fuji em 1707 e os terremotos de baixa frequência desde 2000 reforçam a urgência de medidas preventivas. Os exercícios de simulação são cruciais para a preparação nacional frente a desastres raros, mas potencialmente devastadores.

Comentários estão fechados.