Com a chegada do verão, podemos apreciar muitas coisas bonitas.
Muitos de nós aqui no Brasil esperamos essa estação do ano para poder ir a praia, passear no parque, ir para a piscina, acampar, escalar, ou fazer qualquer atividade ao ar livre. No Japão a chegada do verão quer dizer Vaga-lumes. 

 Nas noites quentes e úmidas de verão, ocorre o acasalamento desses insetos que percorrem as florestas. As luzes são utilizadas pelo macho da espécie, para atrair as fêmeas através do seu espetáculo. E é nesse momento que os fotógrafos aproveitam para registrar as suas mais belas fotos. 

 


 

Mas porque os japoneses gostam tanto desses bichinhos? 

No Japão, há duas espécies muito comuns, o Genji-botaru e o Heike-botaru
Lá há muitos rios, pântanos, campos de arroz irrigados, e estes são os lugares favoritos para os vaga-lumes. Desta forma, desde os tempos antigos as pessoas que moravam em vilarejos costumavam apreciar a bioluminescência desses insetinhos 

 

Se você costume ver filmes japoneses, já deve ter notado que há muita presença deles nos cenários. Um exemplo é o filme Hotaru no Haka (tumulo dos vagalumes), que marcou muitas pessoas. 

Nos velhos tempos havia uma crença de que as luzes dos vaga-lumes representavam as almas dos mortos.  No período Edo, um passatempo era captura-los enquanto desfrutavam do ar fresco e refrescante da noite. 

Há muitas xilogravuras Ukiyo-e que mostram os objetos usados para captura-los, tais como leques, redes, etc. 

 

Com o crescimento da urbanização, os vagalumes foram perdendo seu espaço. 
Hoje em dia, o Japão implementa leis que protege os Vaga-lumes, por sua grande importância histórica. 

  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.