118 visualizações 3 min 0 Comentário

Serviço de Demissão da Momuri, A Solução para o Crescente Descontentamento Profissional no Japão

- 9 de maio de 2024

Gogatsubyō – A Epidemia Pós-Feriado: Entendendo a Doença de Maio.

Após o término da Golden Week, um período de férias prolongadas no Japão, muitos trabalhadores enfrentaram dificuldades para retomar suas atividades profissionais, com alguns até considerando a possibilidade de pedir demissão. A empresa Momuri (もう無理), especializada em auxiliar trabalhadores a se demitirem, registrou um recorde de solicitações de demissão, totalizando 174 pedidos em um único dia após o feriado. Este número supera qualquer marca anterior desde a fundação da empresa em março de 2021.

Shiori Kawamata, representante da Momuri, explicou que o aumento de pedidos após a Golden Week é um fenômeno recorrente, associado ao “gogatsubyō” ou “doença de maio”, um termo que descreve a tristeza ou desmotivação pós-feriado. Muitos japoneses, especialmente aqueles que começaram novos empregos ou o ano letivo em abril, encontram-se particularmente vulneráveis durante este período.

Interessantemente, a clientela da Momuri não se limita aos jovens recém-contratados; cerca de 40% dos que procuram o serviço têm mais de 40 anos. A empresa observou um aumento na demanda por seus serviços, atribuído tanto à maior visibilidade na mídia quanto a um crescente reconhecimento público da existência dessas agências, com uma pesquisa da En Japan revelando que mais de 70% dos entrevistados estavam cientes de tais serviços.

Os serviços oferecidos pela Momuri incluem a apresentação da intenção de demissão do cliente e a negociação com os empregadores em seu nome, uma solução procurada por muitos que enfrentam dificuldades em deixar seus empregos devido a ambientes de trabalho tóxicos ou assédio. Um exemplo citado envolve uma trabalhadora de uma empresa de tecnologia da informação que recorreu à Momuri após ser vítima de assédio moral por parte de seu chefe.

Kawamata enfatiza que o serviço de demissão deve ser visto como um último recurso, destinado a proteger aqueles que precisam de apoio para fazer uma transição segura fora de situações de trabalho insustentáveis. Ela também sugere que o aumento nos pedidos de demissão deveria servir como um alerta para as empresas japonesas, incentivando-as a reconsiderar seus ambientes de trabalho e a melhorar o relacionamento com os funcionários.

A Momuri acredita que, ao destacar a necessidade de mudanças nas condições de trabalho, seus serviços podem contribuir para um ambiente corporativo mais saudável e sustentável no Japão.

Logotipo Mundo-Nipo
Autor

**Portal Mundo-Nipo**
Sucursal Japão – Tóquio
contato@mundo-nipo.com.br

Comentários estão fechados.