814 visualizações 2 min 0 Comentário

Shinzo Abe solicita o cancelamento de mais eventos

- 11 de março de 2020
Estádio japones completamente vazio

Em uma reunião, o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, pediu para que os grandes eventos esportivos do Japão fossem cancelados ou adiados por até 10 dias, já que o governo precisa de tempo para testar suas novas medidas de contenção do vírus. 

“Estamos em um momento extremamente importante para impedir a rápida disseminação de infecções domésticas”, disse Abe em uma reunião de uma força-tarefa do governo sobre a nova resposta ao coronavírus. “Por cerca de 10 dias até que o painel de especialistas faça sua nova avaliação, eu gostaria de pedir cooperação (dos organizadores).” 

O pedido se deu depois que médicos especialistas que estão lidando com o caso do coronavírus, dizerem que um aumento de infecção doméstica aumentou.  

Embora o pedido do primeiro-ministro não fosse juridicamente vinculativo, uma série de cancelamentos e adiamentos levantou a preocupação que a desaceleração das atividades causaria na economia do país, que já está à beira de uma recessão. 

O governo está buscando aprovar na sexta-feira um projeto de lei que permita a Abe declarar um estado de emergência, se necessário. Se uma declaração for feita, os governadores da província podem instruir os organizadores do evento a cancelar ou adiar os eventos oficialmente. 

Leia também:  Em Tokyo, pontos turísticos ficam completamente vazios devido ao vírus 

Mundo-nipo: O principal portal de notícias do Japão