Início Brasil Shopping JK Iguatemi evidencia atitude discriminatória

Shopping JK Iguatemi evidencia atitude discriminatória

946
0
O impasse durou cerca de 20 minutos e foi necessária a intervenção da Secretaria de Educação de Guaratinguetá. Foto: Park me

Um grupo de 120 alunos de quatro escolas municipais de Guaratinguetá, interior de São Paulo, teve o acesso barrado ao shopping JK Iguatemi, na capital, quando chegaram para visitar a exposição “Mickey 90 Anos”.

A funcionária da ONG que promove a exposição disse que o shopping “é de elite” e pediu que os estudantes do interior tivessem acesso à praça de alimentação. Uma boa parcela das crianças e a diretora são negros. A educadora denunciou ter sido “segregação racial”.

Os alunos tinham ganhado a visita à exposição como prêmio pelo bom desempenho escolar. De acordo com a diretora Jozeli Gonçalves, uma mulher que se identificou apenas como Beatriz, impediu a entrada no shopping alegando que a excursão tinha chegado antes do horário e não havia razão para ela passear com as crianças dentro de um shopping “de elite”.

O impasse durou cerca de 20 minutos e foi necessária a intervenção da Secretaria de Educação de Guaratinguetá para que o acesso fosse liberado.

Fonte: UOL

https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2019/03/21/alunos-de-escola-rural-sao-barrados-em-shopping-de-luxo-funcionaria-e-demitida.htm.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here