125 visualizações 2 min 0 Comentário

Subprefeita de Koto/Tóquio renuncia após violar regra eleitoral

- 27 de outubro de 2023

Yayoi Kimura, prefeita do distrito de Koto, em Tóquio, disse na quinta-feira que renunciará ao cargo, depois que promotores públicos revistaram seu escritório no início desta semana por suposta violação da lei eleitoral para cargos públicos.

“À medida que a investigação prossegue, não devo permitir que os assuntos governamentais do distrito fiquem estagnados por mais tempo”, disse Kimura em entrevista coletiva no mesmo dia em que prometeu renunciar, aparentemente para assumir a responsabilidade pelo escândalo. “Sinto muito.”

Kimura é suspeita de envolvimento na publicação online de um anúncio pago pedindo às pessoas que votem nela nas eleições para prefeito em abril. A lei proíbe tais anúncios.

Segundo Kimura e outros, o anúncio foi veiculado no YouTube durante cinco dias durante o período de campanha para a eleição para prefeito. Custou cerca de ¥ 140.000 e obteve cerca de 380.000 visualizações.

Na entrevista coletiva, Kimura se recusou a comentar se estava ciente da ilegalidade, apenas dizendo: “Não posso contar os detalhes porque o caso está sob investigação”.

De acordo com o subdistrito de Koto, a carta de demissão de Kimura foi submetida ao presidente da assembleia distrital após a coletiva de imprensa e foi aceita.

Ela deixará o cargo em 15 de novembro. A comissão eleitoral será notificada de sua renúncia dentro de cinco dias após o recebimento da carta de renúncia e a eleição para escolher seu sucessor será realizada dentro de 50 dias a partir dessa data.

Antes de se tornar prefeita de Koto em abril deste ano, Kimura serviu duas vezes como membro do Partido Liberal Democrata na Câmara dos Representantes do Japão.

Portal Mundo-Nipo

Sucursal Japão – Tóquio

Jonathan Miyata

Comentários estão fechados.