Repare que o sinal do “V” nas fotos dos integrantes do AAA estão diferentes, não mostram a face da digital.

O pesquisador do Instituto Nacional de Informática do Japão, Isao Echizen, alerta: o costume de fazer o formato de “V” na hora de tirar uma foto poderá lhe render a coleta de seus dados biométricos por mal intencionados.

A entrevista foi dada ao Sankei Shinbum, o pesquisador tirou a foto de uma distância de três metros, com uma câmera digital com foco nos dedos. Isao disse que não precisa ter um dispositivo tão avançado para coletar a digital.

Em dezembro de 2014, o grupo Chaos Computer Club roubou as digitais da ministra de Defesa da Alemanha através de uma simples foto.

A polícia dos EUA já utilizou este método para coletar e destravar o Galaxy S6 de uma vítima de homicídio.

Proteção

Pesquisadores estão criando uma película a base de óxido de titânio. Ela terá a propriedade de impedir a coleta da digital quando utilizado, mas não impede o acesso a um leitor biométrico.

A outra forma de dificultar a utilização de cópias de digitais é elevar a resolução de um leitor biométrico, atualmente é de 500 dpi, a ideia é de aumentar para 2000 dpi.

Portal Mundo-Nipo
Sucursal Japão Osaka
Harumi Matsunaga

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here