O projeto já foi criado há mais de um ano, mas após críticas foi paralisada.

Nesta sexta-feira (9), deputados franceses votaram pela criação de uma Procuradoria Nacional Antiterrorista (PNAT) para que o Ministério Público seja substituído nos casos de terrorismo, crimes contra humanidade, delitos de guerra, tortura e armas de destruição em massa

A PNAT deverá entrar em vigor no dia 1 de janeiro de 2020, para que a instalação seja feita, o procurador e a equipe sejam nomeados. O objetivo da procuradoria será “dispor de uma real força tarefa para responder a ameaças que ainda deixem o país em elevado estado de alerta” e “oferecer uma visibilidade institucional ao novo procurador, em nível nacional e internacional”, segundo a ministra da justiça, Nicola Belloubet.

O projeto para a PNAT foi criada há quase um ano, mas foi paralisada após críticas do Conselho de Estado.

Fonte: Globo

https://g1.globo.com/mundo/noticia/2018/11/09/franca-tera-procuradoria-especial-para-lutar-contra-terrorismo.ghtml.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.